Estude com bolsas feitas para você!

Posts Recentes

Qual o melhor investimento para curto prazo?

Investir é sempre o melhor a fazer com o seu dinheiro. Mas, quando se olha os possíveis investimentos, você pode ter dúvidas sobre qual é o melhor investimento a curto prazo. 

Opções não faltam, mas você precisa entender seu perfil de investidor e também qual é o objetivo daquele investimento, para fazer uma boa aplicação. 

Então, vamos ver quais são os melhores investimentos a curto prazo, para você que quer dar um bom destino a seu dinheiro. Confira! 

  1. O que é investimento a curto prazo? 

Para começar, vamos definir o que é um investimento a curto prazo. 

Investimento a curto prazo é aquele no qual o dinheiro fica investido por um período pequeno. Podemos considerar curto prazo algo como 90 dias, por exemplo. De maneira geral, investimentos a curto prazo são aqueles que apresentam os resultados esperados em até um ano. 

Muitas pessoas confundem investimento a curto prazo com investimento de liquidez diária. 

Investimento com liquidez diária é aquele em que você pode sacar o dinheiro a qualquer momento. É o caso, por exemplo, do Tesouro Direto Selic, ou então de CDBs de liquidez diária. 

A poupança também é um investimento que você pode sacar a qualquer momento, embora não tenha liquidez diária, pois a poupança só rende no aniversário. Mas, se você precisar sacar o dinheiro investido na poupança, pode fazer isso a qualquer momento. 

Alguns investimentos a curto prazo não tem liquidez diária, ou seja, o dinheiro fica “preso” até completar o período. É o caso, por exemplo, de LCIs de 90 dias. Nesse caso, o dinheiro pode ser sacado somente após 90 dias. 

Assim, investimentos a curto prazo costumam ser de renda fixa, justamente por terem uma proteção e menor risco atrelados a eles. 

  1. Qual é o melhor investimento a curto prazo? 

Agora que você já sabe o que é investimento a curto prazo, é importante que você defina o que é um prazo curto, para você. 

Para algumas pessoas, por exemplo, um investimento de 90 dias é curto prazo, mas já outras o mesmo tipo de investimento com 180 dias também pode ser considerado de curto prazo. 

Por outro lado, para alguns, deixar o dinheiro sem poder sacar por 6 meses pode ser considerado um prazo muito grande. Ou seja, a decisão do que é investimento de curto prazo acaba sendo bem pessoal. 

Mas, existem alguns investimentos que não são recomendados, para quem deseja mexer no dinheiro investido em pouco tempo. Então, vamos falar, primeiro, de quais investimentos não são recomendados a curto prazo. 

Investimentos não recomendados a curto prazo

1. Previdência privada 

Quem deseja investir em uma previdência privada deve considerar esse um investimento a longo prazo. 

As previdências privadas podem ser VGBL ou PGBL, dependendo de como você faz a declaração do imposto de renda. 

Em ambas as formas, de maneira geral, a taxa de cobrança do imposto de renda é regressiva, ou seja, quanto mais tempo você deixar o dinheiro investido, mais ele vai render e menos imposto de renda você vai pagar. 

Portanto, não faz o menor sentido você aplicar seu dinheiro em uma previdência privada se pretende sacar esse dinheiro em um curto espaço de tempo. 

Existe uma única exceção a isso: a VGBL é um investimento que não é inventariado. Portanto, se você pretende deixar um dinheiro para seus descendentes e não quer que ele seja inventariado, pode deixar uma VGBL para seus filhos, tendo eles como beneficiários. 

  1. Ações 

As ações, que são negociadas na bolsa de valores, não são recomendadas para curto prazo, pois, se você precisar do dinheiro investido de maneira mais rápida, pode ser obrigado (a) a vendê-las, quando elas estão em baixa. 

Com isso, você perde dinheiro. 

De fato, investir na bolsa demanda conhecimento e um perfil mais voltado a investidores moderados e arrojados, os quais investem na renda variável. 

  1. Melhores investimentos a curto prazo 

Agora, vamos falar dos melhores investimentos a curto prazo. 

  1. Tesouro Selic 

É considerado uma excelente opção para reserva de emergência. Como tem liquidez diária, pode ser sacado com facilidade. 

O rendimento desse tipo de investimento está atrelado à taxa Selic, considerada a taxa básica de juros da economia e que, atualmente, está em 10,75% ao ano. 

  1. CDBs 

Os chamados Certificados de Depósito Bancário têm a garantia do Fundo Garantidor de Crédito (FGC). 

Eles podem ser pré-fixados (quando você já sabe a taxa de juros que será aplicada), pós-fixados (acompanhando um índice como o CDI, por exemplo) ou híbridos, com uma parte fixa e outra atrelada ao IPCA, por exemplo. 

Os prazos dos CDBs variam e há também as opções de CDBs de liquidez diária. 

  1. Fundos DI 

Outra ótima opção dentre os melhores investimentos a curto prazo, os fundos DI são fundos de investimento com gestão profissional. 

Também possui liquidez diária. 

Agora que você já sabe sobre os tipos de melhor investimento a curto prazo, lembre-se de sempre diversificar e equilibrar sua carteira com diferentes investimentos de renda fixa ou, até mesmo, renda variável, conforme seu perfil de investidor.